UFJF é a 19ª melhor universidade pública do país

19 de Dezembro de 2018

A Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF) ocupa a 19ª colocação entre as melhores universidades públicas do país. O ranking é do Índice Geral de Cursos (IGC), divulgado nesta terça-feira, 18, pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) e pelo Ministério da Educação (MEC). Entre as mineiras, a UFJF ocupa a quarta colocação.

Conforme o levantamento, referente a 2017, a UFJF obteve, em uma escala de 0 a 5, o IGC 4, o mesmo índice registrado no último ano. O conceito médio da UFJF no levantamento foi de 4,7386. Já o IGC contínuo, que é calculado a partir de uma média ponderada das notas dos cursos da graduação e da pós-graduação de cada instituição, chegou a 3,7051. 

Com esses números, a UFJF está entre as 20,5% das instituições de ensino superior do país que se concentram nas faixas superiores de pontuação.

Segundo a diretora de Avaliação Institucional, Michéle Farage, “este é um indicador de qualidade muito bom. Temos confirmada a excelência dos nossos cursos, uma vez que 86% dos conceitos que obtivemos nos CPC’s foram 4 e 5”.

A pró-reitora de Graduação, Maria Carmen de Melo, comemorou a notícia e compartilhou o resultado com toda a comunidade acadêmica.  “Esta é uma avaliação que nos deixa muito felizes, pois aponta que a UFJF está atuando de maneira correta em suas políticas. Existe um empenho muito grande de todos os envolvidos institucionalmente, sejam técnicos, docentes ou alunos, no sentido de termos uma Universidade com qualidade, que seja reconhecida nacionalmente. Isso só nos fortalece, mostra que estamos no caminho certo”.

Segundo a pró-reitora, é preciso dar continuidade ao trabalho que tem sido desenvolvido. “Há muito a fazer, mas nós percebemos, através dessas e de outras avaliações, que estamos no caminho certo e, com seriedade, firmeza e responsabilidade, podemos ter um ensino público gratuito e de qualidade”, argumenta.  

Enade

Em outubro, o MEC divulgou os resultados do Exame Nacional de Desempenho de Estudantes (Enade) e a UFJF teve 17 cursos com a nota máxima, 5. Alcançaram esta pontuação os cursos de licenciatura em Artes Visuais, Ciência da Computação (integral e noturno), Educação Física, engenharias Computacional, Elétrica – Sistemas Eletrônicos, de Produção e Ambiental e Sanitária; Filosofia (bacharelado e licenciatura); Física (integral); Letras-Português (licenciatura e bacharelado); licenciatura em Matemática (noturno), Pedagogia (diurno e noturno) e Química (licenciatura e bacharelado). Além da nota máxima, outros 17 cursos obtiveram nota 4.

O Exame Nacional de Desempenho de Estudante (Enade) é uma das variáveis consideradas para o cálculo do IGC. A prova serve para avaliar o desempenho de estudantes da graduação, de acordo com os conteúdos previstos no currículo de cada curso. 

Os dados completos podem ser conferidos aqui.

 

Fonte: UFJF






Outras Notícias

Segundo cientistas, é o primeiro coração com vasos sanguíneos, ventrículos e câmaras impresso em laboratório.

A abertura do Jardim para a sociedade é um passo importante da UFJF no processo de conservação

Reitor da UFJF, Marcus David, participou da audiência para discutir o corte em bolsas e projetos financiados pela Fapemig

O DELA objetiva promover a formação empreendedora de mulheres bolsistas de mestrado e doutorado da FAPEMIG