Fadepe participa do 1º Confies

30 de Novembro de 2018

A Fundação de Apoio e Desenvolvimento ao Ensino, Pesquisa e Extensão (Fadepe) esteve representada, nos dias 21, 22 e 23 de novembro, no 1º Congresso do Conselho Nacional das Fundações de Apoio às Instituições de Ensino Superior e de Pesquisa Científica e Tecnológica (Confies), em Brasília, na sede da Finatec (Fundação de Empreendimentos Científicos e Tecnológicos), na Universidade de Brasília (UNB).

As fundações de apoio são importantes e capacitadas ligações que conseguem buscar fomento público e privado para contribuir com o crescimento da ciência, tecnologia e inovação no Brasil. Hoje existem 94 fundações de apoio no país e reunir membros dessas Instituições é um importante passo para o avanço da CT&I.

O congresso contou com uma vasta programação de cursos, oficinas e debates, entre eles temas relacionados sobre as áreas jurídica, contábil, de comunicação e burocracia na pesquisa.

De acordo com a vice-diretora da Fadepe, Priscila Capriles, esse ano houve a oportunidade de os representantes das fundações aprenderem muito e compartilharem as dificuldades. 

“No Congresso pudemos aprender mais sobre as mudanças do eSocial, sobre o Portal da Transparência e a Lei de Proteção de Dados Gerais. Conseguimos agregar mais conhecimento em como conciliar nossos dados e informações, como fazer inovação com captação de recursos privados e a importância de uma boa relação entre a Universidade, o NIT e a Fundação. Aguardamos que novas resoluções sejam aprovadas e possamos alavancara as pesquisas e desenvolvimento da Universidade”, destaca Priscila.

Além da vice-diretora, estiveram presentes no 1º Confies o diretor da Fadepe, José Humberto Vianna, a assessora contábil, Renata Bartoli e a assessora jurídica, Juliana Müller.






Outras Notícias

Segundo cientistas, é o primeiro coração com vasos sanguíneos, ventrículos e câmaras impresso em laboratório.

A abertura do Jardim para a sociedade é um passo importante da UFJF no processo de conservação

Reitor da UFJF, Marcus David, participou da audiência para discutir o corte em bolsas e projetos financiados pela Fapemig

O DELA objetiva promover a formação empreendedora de mulheres bolsistas de mestrado e doutorado da FAPEMIG